jump to navigation

Leitura Segunda-feira, 2, Novembro, 2009

Posted by Samy in Puramente textos.
trackback

leituraestilizado

Fazia tanto tempo que eu não parava pra ler uma revista, pra ler notícias. Acho que como minhas leituras tem sido coisas obrigatórias e não tem sido poucas eu meio que perdi o ânimo de ler qualquer coisa e por conseguinte de escrever. Minha faculdade exige muita leitura e por algum motivo desconhecido eu tenho a tendência de bloquear inconscientemente as coisas quando são feitas por obrigação. Acho que a pressão de TER que fazer algo meio que me inibe. Mas o fato é que nos meus preparativos para o feriado comprei uma revista de bem geek , a info exame, pois esse é um lado meu que, como muitos outros, tem ficado apagado devido à vida corrida. Assim, na tentativa de inserir as coisas que eu realmente gosto no meu dia-a-dia, comprei a revista. Pensei em ler assim que chegasse em casa, mas fui adiando e adiando. E só agora, no fim do feriado, resolvi lê-la. Pude reviver a sensação de me dá quando leio algo interessante, que é a vontade de escrever. As coisas que eu gosto me estimulam muito a produzir, mas o fato é que nos ultimos tempos elas tem estado cada vez menos presentes no meu dia-a-dia. Definitivamente eu tenho que dar uma jeito de inserir mais as atividades que considero legais na minha rotina, se não vou acabar frustrada (como já me peguei algumas vezes). Acho que na vida a gente tem que saber dosar aquilo que gostamos de fazer com o que precisamos fazer. E se você não for como eu que fica inibida quando tem que fazer algo que gosta por obrigação, vai fundo e viva dos seus hobbys, pois quando a gente faz o que gosta já tem meio caminho andando para o sucesso.

Anúncios

Comentários»

1. Tito Ferradans - Quinta-feira, 3, Dezembro, 2009

Somente absorvendo matéria bruta é que conseguimos inspiração para nossas próprias obras. Numa analogia pitoresca, é que nem comida. Você come, e aquilo vira outras coisas.

Você lê, vê um filme, vai a uma exposição, ouve músicas, e isso vai virando outras coisas dentro de você, coisas puramente suas, que você em algum momento deve colocar pra fora, oferecendo-as de volta ao mundo. 😀

Falei que nem minha mãe agora…


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: