jump to navigation

No mínimo curioso… Sexta-feira, 20, Novembro, 2009

Posted by Samy in Uncategorized.
add a comment

Viciei… Domingo, 15, Novembro, 2009

Posted by Samy in Uncategorized.
1 comment so far

Amei! Sábado, 14, Novembro, 2009

Posted by Samy in Make.
3 comments

DSC00167 cópiaDSC00161 cópia

Não me importo Quinta-feira, 12, Novembro, 2009

Posted by Samy in samyzices.
add a comment

Hoje eu acordei num mood “I don’t care”. Não me importando muito com as coisas que tem acontecido. Talvez por que eu esteja casada e com sono, meio anestesiada. Mas nas minhas conversas diárias comigo mesma no banho eu constantemente me pegava falando I don’t care. Eu pareço uma múmia quando estou com gente que não conheço… so what, I don’t care…. a pauta de sexta no estágio vai ser brutal.. sério? I don’t care… eu não consigo interagir com o gatinho da aula chata… puf, I don’t care…

Enfim, que coisas que geralmente me deixariam muito chateada com a vida ou frustrada comigo mesma hoje não estão me incomodando muito. To meio zen e tenho certeza que o novo tem grandes influências nisso… mas quer saber, I don’t care!

 

UPDATE 05/12/2009: Alguém pode me dizer quem/o que é o novo?? Estou curiosa pra saber qual a infulência dele na minha vida!

Esmalte fashion Segunda-feira, 9, Novembro, 2009

Posted by Samy in Unha.
1 comment so far

Esse blog começou com um esmalte, e pra renovar os votos que deram origem a ele (pôneis, arco-iris e sorvete), essa semana eu botei um esmalte no mesmo clima. Para a sua apreciação.. tchan tchan tchan tchan!!!!!

Contraditório? Segunda-feira, 9, Novembro, 2009

Posted by Samy in Funny.
add a comment

Pra tocar o coração… Domingo, 8, Novembro, 2009

Posted by Samy in Uncategorized.
add a comment

Sinto-me tocada pelas palavras do grande poeta!

Oh! grande poeta, me transmita tanta sabedoria e precisão!

Exagero… Domingo, 8, Novembro, 2009

Posted by Samy in Causos.
2 comments

Uma vez inventei de fazer um blog coletivo. Chamei Deus e o mundo para participar. Acabou que o blog nem chegou a ir ar. No momento de ajeitar o layout a coisa desandou e ‘puf!’ acabou. Até então sempre adorei blog super colorido, com super imagens de fundo, mil widgets e etc. Lembro que tentei fazer um blog com um layout magazine com slide e resumos. Na minha primeira tentativa de layout fui ‘esculachada’ por um dos integrantes. Ele falou coisas sobre excesso de informação, muita cor e imagem roubar o foco do texto, etecéteras. Achei um absurdo. Como podia haver coisa mais linda do que um blog cheio de cor, vida e imagens? Pra falar a verdade eu nem liguei, por que ele também não tinha feito nada pra ajudar.

Há algum tem um amigo com quem já dividi um blog me chamou para retomar o blog que dividíamos. Topei na hora, sempre adorei compartilhar as coisas. Ter alguém escrevendo comigo me motivava a escrever. Bem, infelizmente o passado não anda se repetindo no presente. Mas mesmo me sentido muito bem sozinha eu resolvi não desistir. Um blog em conjunto era um projeto que tinha desde muito tempo e devido ao histórico de desistências na minha vida disse a mim mesma que esse eu iria levar a diante. Sem saco, relutei o final de semana todo pra começar a ajeitar o layout do blog. Saí pra comemorar o aniversário de minha tia e quando voltei disse a mim mesma: “O final de semana praticamente já acabou, vamos lá garota, mantenha a sua palavra e termine esse layout!”.  

Comecei testando os templates alegres e cheios de ‘frufru’. Tentei manter a coerência afinal é blog unissex. Mas mesmo assim os que chamam a atenção eram os mais empiriquitados. Fui olhando um por um – foram umas 115 páginas com uns 10 templates em cada. Entretanto, toda vez que testava um blog chamativo, me dava um nó no estômago, meus olhos ficavam vesgos. Tentei tirar a maquiagem pra ver se ajudava, mas não adiantou. Enfim, no final me dei conta que o garoto que tinha me esculachado estava certo. Quanto mais cor, figura, textura e afins, menos atenção fica concentrada no mais importante: o texto. Ainda não sou a favor de um blog todo branco e sem graça, mas fiquei super adepta do visual clean. Nada de excessos, mas também  sem deixar de ter sua personalidade no blog. No final consegui encontrar um layout que considero ‘na medida’.  Só espero que meu amigo goste por que deu um trabalho da peste. Se ele gostar eu posto aqui pra vocês verem! Torçam por mim!

Do belo à fera Terça-feira, 3, Novembro, 2009

Posted by Samy in Uncategorized.
1 comment so far

imagem

Quem olha pra essa foto e acha que o Felipe Dylon ta sofrendo de algum trauma emocional levanta a mão.

o/

Todo mundo sempre soube que a fama do cantor era de ser apenas um rostinho bonito. Agora nem isso mais ele é, e acho que é proposital. Cansado de não ser levado a sério como profissional ele deve ter ficado traumatizado e assim, para que as pessoas o procurassem por suas músicas e sua performance, e não pelos seus belos olhos azuis (verdes?), deixou de ser o belo e virou a fera.

O rapaz disse em entrevista que não se sentiu bem, teve enjoos (leia-se dor de barriga!) e a mãe o internou numa clínica de reabilitação por alguns dias. Ele disse que lá tinha pessoas que se envolveram com drogas, outras que tinham pobremas psiquiátricos, etecetera. Felipe diz que não se envolveu com drogas e como eu sou ingênua até acredito, mas pra mim é certo que ele estava lá pra se tratar de problemas psicológicos. Uma depressão talvez. Entretanto percebe-se que a clínica em que se internou não é lá das melhores, pois o cantor entrou com cara de anjo e saiu com cara de louco.

Leitura Segunda-feira, 2, Novembro, 2009

Posted by Samy in Puramente textos.
1 comment so far

leituraestilizado

Fazia tanto tempo que eu não parava pra ler uma revista, pra ler notícias. Acho que como minhas leituras tem sido coisas obrigatórias e não tem sido poucas eu meio que perdi o ânimo de ler qualquer coisa e por conseguinte de escrever. Minha faculdade exige muita leitura e por algum motivo desconhecido eu tenho a tendência de bloquear inconscientemente as coisas quando são feitas por obrigação. Acho que a pressão de TER que fazer algo meio que me inibe. Mas o fato é que nos meus preparativos para o feriado comprei uma revista de bem geek , a info exame, pois esse é um lado meu que, como muitos outros, tem ficado apagado devido à vida corrida. Assim, na tentativa de inserir as coisas que eu realmente gosto no meu dia-a-dia, comprei a revista. Pensei em ler assim que chegasse em casa, mas fui adiando e adiando. E só agora, no fim do feriado, resolvi lê-la. Pude reviver a sensação de me dá quando leio algo interessante, que é a vontade de escrever. As coisas que eu gosto me estimulam muito a produzir, mas o fato é que nos ultimos tempos elas tem estado cada vez menos presentes no meu dia-a-dia. Definitivamente eu tenho que dar uma jeito de inserir mais as atividades que considero legais na minha rotina, se não vou acabar frustrada (como já me peguei algumas vezes). Acho que na vida a gente tem que saber dosar aquilo que gostamos de fazer com o que precisamos fazer. E se você não for como eu que fica inibida quando tem que fazer algo que gosta por obrigação, vai fundo e viva dos seus hobbys, pois quando a gente faz o que gosta já tem meio caminho andando para o sucesso.